sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Definindo o ateísmo

Em que Acredita um Ateu?

Ateísmo – De Ateu + ismo; doutrina dos ateus; falta da crença em Deus; atitude filosófica ou doutrina que dispensa a idéia ou a intuição da divindade quer do ângulo teórico (não recorrendo à divindade para se justificar ou fundamentar), quer do ângulo prático (negando que a existência divina tenha qualquer influência na conduta humana).
Portanto, ser ateu, basicamente é professar aberta e positivamente a inexistência de Deus.
  • Agnosticismo – “a” = não; “gnose” = conhecimento; “ismo” = doutrina. Ou seja: doutrina que defende que não se pode saber nada. Não-conhecimento. Existem muitos agnósticos por aí.
  • Será que eles não acreditam em nada?
  • Segundo Geisler & Turek, no livro “Não Tenho Fé Suficiente Para Ser Ateu”, existem dois tipos de agnósticos: o comum e o decidido. O que eles pensam?
  • O Comum defende: Não se pode saber nada!
  • O Decidido: Não se pode saber nada com “certeza”!
  • Existem contradições nestas sentenças?
  • Será que eles não acreditam em nada?
  • Afirmações auto-contraditórias.
VAMOS PENSAR UM POUCO?
  • SEGUNDO OS AGNÓSTICOS E ATEUS, A HISTÓRIA NÃO PODE SER CONHECIDA! APESAR DE AFIRMAREM QUE A PRIMEIRA VIDA FOI GERADA ESPONEAMENTE COM BASE EM ELEMENTOS QUIMICOS INORGÂNICOS. ELES ESTÃO ‘ABSOLUTAMENTE’ CERTOS, APESAR DE NÃO EXISTIR NADA QUE CORROBORE COM ESTA IDÉIA?
  • O DILEMA: PRA DIZER QUE O CRISTIANISMO ‘NÃO’ É VERDADEIRO, O ATEU PRECISA CONHECER HISTÓRIA. PORQUE? TODA NEGAÇÃO IMPLICA NUMA AFIRMAÇÃO. EXEMPLO: PRA DIZER QUE JESUS ‘NÃO’ RESSUSCITOU DOS MORTOS (NEGAÇÃO), ELE PRECISA DIZER O QUE RELAMENTE ACONTECEU COM ELE. COMO ELES SABEM, SE A HISTÓRIA NÃO PODE SER CONHECIDA?
  • SE DISSEREM QUE A HISTÓRIA NÃO PODE SER CONHECIDA, ENTÃO COMO ELES PODEM DIZER QUE A EVOLUÇÃO É VERDADEIRA E O CRISTIANISMO É FALSO?
  • “Aquele que afirma ser cético em relação a um conjunto especifico de crenças é, na verdade, um verdadeiro crente em outro conjunto de crenças”. PHILLIP E. JOHNSON.
  • Portanto, os ateus que são naturalmente céticos em relação ao cristianismo, revelam-se verdadeiros “crentes” no ateísmo. Não existe outra possibilidade.
  • Ateísmo é sinônimo de fé!
O ATEÍSMO E OS SEUS PROBLEMAS
  • Se o Ateísmo é verdadeiro, então, teremos que mudar alguns pensamentos sobre a vida em geral:
  • 1 – Origem: De onde viemos? 2 – Identidade: Quem somos? 3 – Propósito: Por que estamos aqui? 4 – Moralidade: Como devemos viver? 5 – Destino: Para onde vamos?
A resposta a cada uma dessas perguntas depende da existência de Deus:
  • 1 – Se Deus existe: Existe significado e propósito para a vida! 2 – Se existe um verdadeiro propósito para a sua vida, então existe uma maneira certa e uma maneira errada de viver! 3 – As escolhas que fazemos hoje não apenas nos afetam aqui, mas também na eternidade. 4 – Por outro lado, se Deus não existe, então a conclusão é que a vida de alguém não significa nada, pois não existe propósito duradouro para a vida, não existe uma maneira certa ou errada de viver e o destino de todos é o pó!
O ATEÍSMO E OS SEUS PROBLEMAS COM AS EVIDÊNCIAS
  • Vejamos: 1 – As evidências indicam que o universo passou a existir a partir do ‘nada’ – ou alguém criou uma coisa do nada (visão cristã) ou ‘ninguém’ criou alguma coisa do nada (a visão ateísta).
  • Qual visão é mais cientifica? A visão cristã! LEI DA CAUSA E EFEITO!
  • Qual visão exige mais fé? A visão ateísta!
  • Vejamos: 2 – A forma mais simples de vida (a ameba) contém uma quantidade de informações equivalente a mil enciclopédias britânicas. Os cristãos acreditam que somente um ser inteligente pode criar uma forma de vida simples com informação equivalente a mil enciclopédias. Os ateus acreditam que forças não inteligentes puderam ‘gerar’ tudo.
  • Qual visão é mais cientifica? A visão cristã!
  • Qual visão exige mais fé? A visão ateísta!
O ATEÍSMO E O SEU PRINCIPAL EVANGELISTA
RICHARD DAWKINS COM O LIVRO “DEUS, UM DELÍRIO”, lançado no Brasil em Novembro de 2007
  • Dawkins foi eleito pela revista Prospecty Magazine como um dos três principais intelectuais do mundo.
  • Quando o livro “Deus, um Delírio” foi lançado nos EUA o editorial da revista deixou uma opinião sobre a obra: “Indolente, Dogmática, vaga, e auto-contraditório”.
  • Qual o foi o título do artigo? “DAWKINS, O DOGMÁTICO”.
  • PÁGINA 64 e 394 sobre fé: “confiança cega, na ausência de evidências, ou mesmo diante delas…um mal exatamente porque não existe justificação e não tolera nenhuma argumentação”. Existe disparate maior?
Revista Super Interessante, edição 242, Agosto de 2007: “Meu grande sonho é a completa destruição de todas as religiões do mundo”.
  • Dawkins afirma que a ciência tem destruído a fé em Deus, relegando-as ás periferias da cultura, onde é abraçado por fanáticos iludidos.
  • Um grande problema: MUITOS CIENTISTAS CRÊEM EM DEUS!
  • Em 2006, quando ‘Deus, um Delírio’ foi lançado na Inglaterra, 3 livros de importantes cientistas foram lançados:
  • Francis Collins – evolucionista que chefia o projeto ‘genoma’ – publicou ‘A Linguagem de Deus’, onde assevera que ‘a ordem e beleza no universo aponta para um criador’. Collins é ateu!
  • Owen Gingerich – notável astrônomo de Harvard – publicou ‘O Universo de Deus’, onde declara que o universo foi criado com intenção e propósito e que tal crença não interfere na ciência.
  • O Cosmólogo Paul Davies publicou ‘Goldilocks Enigma’ no qual argumenta em favor da existência de uma sintonia fina no universo. Para Davies, ‘existe algo divino lá fora, ou talvez lá dentro”.
  • Alister Mcgrath, autor do livro ‘O Delírio de Dawkins’ menciona na página 97 que Dawkins apela para dois argumentos desacreditados pela ciência, o ‘vírus da mente’ e o ‘meme’. fala que religião é como um vírus contagioso e sem nenhuma comprovação cientifica. Mcgrath escreve: “as pessoas não crêem em Deus porque lhes foi possível uma longa e cuidadosa reflexão, mas porque foram infectadas por um ‘meme’ poderoso que ‘saltou’ para dentro de seu cérebro”.
O que pensa um ateu sobre o cristianismo?
O ateu Alfredo Bernacchi ataca todo tipo de religião, inclusive o cristianismo, de estarem historicamente erradas! Será mesmo? Alfredo defende que os discípulos escreveram o NT para ganhar dinheiro. Alfredo afirma que NÃO existe ‘nenhuma’ referência histórica sobre Jesus, fora da Bíblia!
Existem dois tipos de ateus que lutam contra o cristianismo:
1 – aquele que nega a existência de Deus e consequentemente a de Jesus;
2 – aquele que nega a existência de Deus, mas não nega que Jesus tenha existido, mas que foi apenas um agitador político, que morreu e permanece enterrado em algum lugar; esta linha de pensamento defende que os relatos de milagres no NT são acréscimos posteriores a vida ‘natural’ de Jesus. Invenções; mas quanto tempo leva para um relato ‘mitológico’ ser inserido em uma história real?
3 – O Novo Testamento está cheio de falhas, erros e contradições.
4 – O Novo Testamento foi criado/inventado no Concílio de Nicéia em 325 d. C. antes não existia;
Evidências em prol do Cristianismo:
SÃO TRÊS OS TIPOS DE TESTES SOBRE AS EVIDÊNCIAS DO CRISTIANISMO:
TESTES DAS EVIDÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – ENVOLVE CONHECIMENTO FILOLÓGICO;
TESTES DAS EVIDÊNCIAS INTERNAS – ENVOLVE CONHECIMENTO DA CULTURA BÍBLICA, CONTEXTO CULTURAL;
TESTES DAS EVIDÊNCIAS EXTERNAS – ENVOLVE CONHECIMENTO HISTÓRICO;
SE JESUS DE FATO NÃO TIVESSE EXISTIDO, TODOS ESSES TESTES DEVERIAM SE APRESENTAR COM ARGUMENTOS MUITO FRACOS. É O QUE ESTUDAREMOS DAQUI PARA FRENTE.
TESTE BIBLIOGRÁFICO – O NOVO TESTAMENTO PASSA NO TESTE BIBLIOGRÁFICO?
3 PERGUNTAS INICIAM A NOSSA INVESTIGAÇÃO:
1 – Qual a credibilidade das cópias que temos em relação ao número de manuscritos e ao intervalo de tempo transcorrido entre o original e a cópia existente?
2 – Pode-se entender que há evidências de manuscritos mais precisos e em quantidade muito maior para o Novo Testamento do que para qualquer outro livro do mundo antigo?
3 – Além disso, há mais manuscritos com maior exatidão e datação mais antiga do que qualquer outra obra clássica secular da antiguidade?
A SIMPLES RESPOSTAS A ESSAS TRÊS PERGUNTAS É SIM! TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES!
  • Só para confirmar a superioridade do Novo Testamento em número de manuscritos antigos:
  • Número de manuscritos gregos é de 5. 686;
  • mais de 10.000 manuscritos em latim;
  • 100 em língua eslava;
  • 500 em armênio;
  • 2000 em etíope;
  • além de centenas em outras línguas, perfazendo um total de 286 manuscritos.
  • Note que o intervalo de tempo é pequeno, se aparece um fragmento do tipo do Rylands!
TESTE BIBLIOGRÁFICO – se o NT não é confiável, então, qual livro será?
  • COMPARANDO O NT COM ESCRITORES DA ANTIGUIDADE, PODEMOS SABER QUE EXISTE UM GRANDE ESPAÇO DE TEMPO ENTRE O MANUSCRITO ORIGINAL E A CÓPIA EXISTENTE:
  • O documento antigo mais bem confirmado, a Ilíada de Homero, empalidece ante a soberania do Novo Testamento, com apenas 643 exemplares. Para piorar, o espaço de tempo entre o original e a cópia mais antiga dos outros textos antigos é superior a mil anos;
  • Mil anos para Tácito e César;
  • 1300 anos para Heródoto;
  • 1500 anos para Demóstenes;
  • O Novo Testamento tem um fragmento dentro de uma geração de sua redação original, a maioria dos livros do Novo Testamento, dentro de 200 anos, e todo o Novo Testamento em cerca de 250 anos da data de seu término. Para corroborar ainda mais, o grau de precisão é maior para o Novo Testamento do que para outros documentos comparáveis – aproximadamente 99% copiados com precisão.
  • Uma comparação honesta de algumas observações já mencionadas:
  • 1 – O número de manuscritos; 2 – O espaço de tempo entre o original e a cópia mais antiga; 3 – A exatidão do Novo Testamento, todas dão testemunho de que o Novo Testamento é o documento historicamente mais exato e confiável de todos os da antiguidade.
  • O PAPEL DESEMPANADO PELOS PAIS DA IGREJA. QUAL A IMPORTÂNCIA?
  • As citações da Escritura nas obras dos primeiros escritores cristãos são em número tão grande que e virtualmente possível reconstituir o Novo Testamento a partir dessas citações sem fazer uso de manuscritos. Essas citações em sermões e comentários são tão vastas que, se todo o Novo Testamento fosse destruído, seria possível reconstruí-lo só com as citações desse período.
EXEMPLOS:
  • Clemente de Roma (95 A. D) – Orígenes em DE PRINCIPUS (sobre o principio), livro II, Cap. 3, chama-o de Discípulo dos Apóstolos. Em CONTRA HERESIAS, Cap. 23, Tertuliano diz que Clemente fora nomeado por Pedro;
  • Irineu prossegue em CONTRA HERESIAS, livro III, Cap. 3, dizendo que “ainda tinha o ensino dos Apóstolos ecoando em seus ouvidos e a doutrina deles diante de seus olhos”. Ele fez citações de Mateus, Marcos, Lucas, Atos, I Coríntios, I Pedro, Hebreus, e Tito;
  • Inácio (70-110 A. D) foi Bispo de Antioquia e foi martirizado, tendo conhecido bem os Apóstolos. Suas sete cartas contem citações de: Mateus, João, Atos, Romanos, I Coríntios, Efésios, Filipenses, Gálatas, Colossenses, Tiago, I e II Tessalonicenses, I e II Timóteo e I Pedro;
  • Policarpo (70-156 A. D), martirizado aos 86 anos de idade, foi Bispo de Esmirna e discípulo do Apostolo João;
  • Entre outros que também citaram o Novo Testamento encontram-se Barnabé (70 A. D), Hermas (95 A. D), Taciano (170 A. D) e Irineu (170 A. D);
  • Clemente de Alexandria (150-212 A.D) dentre as citações que faz 2400 são do Novo testamento. Ele cita todos os livros, com exceção de três;
  • Tertuliano de Cartago (160-220 A.D) citou mais de 7000 vezes o Novo Testamento, dos quais 3800 são citações dos Evangelhos;
  • Hipólito (170-235 A.D) faz mais de 1300 referencias ao Novo Testamento;
  • Justino Mártir (133 A. D) combateu o herege Marciao, citou o Novo Testamento 330 vezes;
  • Orígenes (185-253 ou 254 A. D) esse dinâmico escritor fez uma compilação a partir de mais de 6000 obras. Ele apresenta mais de 18000 citações do Novo testamento;
  • Cipriano de Cartago (falecido em 258 A. D) usa aproximadamente 740 citações do Antigo testamento e 1030 do Novo testamento.
Um rápido apanhado estatístico mostrará a Existência de umas 32.000 citações do Novo Testamento feitas até o Concilio de Nicéia (325 A. D). Essas 32. 000 são apenas um número parcial, e nem mesmo incluem os escritores do século quarto. Apenas acrescentando-se as citações feitas por outro escritor, Eusébio de Cesaréia, que escreveu prolificamente num período que vai até o Concilio de Nicéia, teremos o total de citações aumentado para mais de 36. 000.
  • A todos estes ainda se podem acrescentar os nomes de Agostinho, Amábio, Latâncio, Crisóstomo, Jerônimo, Gaio Romano, Atanásio, Ambrosio de Milão, Cirilo de Alexandria, Efraim, O Sírio, Hilário de Poitiers, Gregório de Nissa etc.
  • Sobre citações Patrísticas do Novo Testamento, Léo Jaganay escreve: “dentre as volumosas obras de material não publicado que o Deão Burgon deixou ao morrer, destaca-se o índice de citações do Novo Testamento, feitas pelos Pais da Igreja antiga. Consiste de 16 espessos volumes que se encontra no museu Britânico, e contêm 86.489 citações”.
  • Observe, portanto que, tendo em vista o Novo Testamento ter 7.959 versículos, de um modo geral, o Novo Testamento poderia ser reconstruído cerca de 11 vezes, só observando as citações da era patrística.
TESTE DAS EVIDÊNCIAS EXTERNAS
(As evidências internas deixamos de mencionar para não invadir outro tema, o da arqueologia). Os ateus afirmam que NÃO existe NENHUMA citação acerca de Jesus fora da Bíblia? Se reunirmos 10 referências fora do NT o que teremos? Vejamos:
  • 1 – Jesus viveu durante o tempo de Tibério César; 2 – Ele viveu uma vida virtuosa; 3 – Realizou Maravilhas; 4 –  Teve um irmão chamado Tiago; 5 – Foi aclamado como Messias; 6 – Foi crucificado a mando de Pôncio Pilatos; 7 – Foi crucificado na véspera da Páscoa Judaica; 8 – Trevas e um terremoto aconteceram quando ele morreu; 9 – Seus discípulos acreditaram que ele ressuscitara dos mortos; 10 – Seus discípulos estavam dispostos a morrer por sua crença; 11 – O cristianismo espalhou-se rapidamente, chegando até Roma; 12 – Seus discípulos negavam os deuses romanos e adoravam Jesus como Deus.
  • FONTES: Josefo; Tácito; Plínio, o jovem; Flegon; Talo; Suetônio; Luciano; Celso; Mara Bar-Serapião; e o Talmude de Babilônia.
  • Tibério César, Imperador da época de Jesus é citado 9 vezes pelos relatos extra-bíblicos e Jesus 10!
  • Se contarmos com a menção de Lucas, Tibério sobe para 10 e se contarmos as fontes cristãs dos primeiros 150 anos ficaria a uma ordem de 43 para 10!
  • A TEORIA DE QUE JESUS NÃO EXISTIU FICA INJUSTIFICADA!
  • Algumas citações:
  • 1 – “Na véspera da Páscoa eles penduraram Yeshu […] ia ser apedrejado por prática de magia e por enganar Israel e fazê-lo se desviar […] e eles o penduraram na véspera da Páscoa.” (Talmude Babilônico, Sanhedrim43a)
    Estes relatos da crucificação estão de pleno acordo com os evangelhos (cf. Lucas 22,1; João 19,31).
  • 2 – “…[os cristãos] têm como hábito reunir-se em um dia fixo, antes do nascer do sol, e dirigir palavras a Cristo como se este fosse um deus; eles mesmos fazem um juramento, de não cometer qualquer crime, nem cometer roubo ou saque, ou adultério, nem quebrar sua palavra, e nem negar um depósito quando exigido. Após fazerem isto, despedem-se e se encontram novamente para a refeição…” (Plínio, O Jovem, Epístola 97).
Será mesmo que o NT foi ‘inventado’ no concílio de Nicéia em 325 d. C? Concluindo:
  • Do ano 95 ao 110 d. C. Clemente de Roma, Inácio de Antioquia e Policarpo de Esmirna, citaram em suas cartas 25 dos 27 livros do NT, com exceção de Judas e 2 João que já tinham sido escritos.
  • 1 – A Epístola de Judas cita Tiago como vivo (Tiago foi martirizado em 62 d. C, segundo Flávio Josefo);
  • 2 – Se a Epístola de 3 João foi citado por eles e foi escrita depois de 2 João, necessariamente, 2 João já existia.
  • Uma vez que Clemente estava em Roma e Inácio e Policarpo estavam a centenas de quilômetros de distância, é necessário que os livros já tivessem sido escritos há um bom tempo para ter dado tempo de circular;
  • Provavelmente, isso coloca todos os livros do NT antes de 70 d. C. isso põe a escrita do Evangelho de Marcos e/ou o Protomarcos de 15 a 20 anos depois da morte e ressurreição de Jesus.
SE DEUS EXISTE OS MILAGRES SÃO POSSÍVEIS?
  • O ARGUMENTO DE SPINOZA CONTRA OS MILAGRES FOI O SEGUINTE:
  • 1 – OS MILAGRES SÃO VIOLAÇÕES DAS LEIS NATURAIS; 2 – AS LEIS NATURAIS SÃO IMUTÁVEIS; 3 – É IMPOSSÍVEL VIOLAR AS LEIS NATURAIS; 4 – PORTANTO, OS MILAGRES SÃO IMPOSSÍVEIS. QUEM DISSE QUE AS LEIS NATURAIS NÃO PODEM SER MANIPULADAS? ESTAMOS VOANDO E O FERRO ESTÁ BOIANDO!
  • O MAIOR ARGUMENTO CONTRA OS MILAGRES FOI PROPOSTO PELO FILÓSOFO EMPIRISTA DAVID HUME (1711-1776); O ARGUMENTO FOI O SEGUINTE:
  • 1 – A LEI NATURAL É POR DEFINIÇÃO, UMA DESCRIÇÃO DE UMA OCORRÊNCIA REGULAR;
  • 2 – O MILAGRE É POR DEFINIÇÃO UMA OCORRÊNCIA RARA; 3 – A EVIDÊNCIA EM FAVOR DO REGULAR É SEMPRE MAIOR DO QUE A EVIDÊNCIA EM FAVOR DO RARO; 4 – QUEM É SÁBIO SEMPRE BASEIA SUA CRENÇA NA EVIDÊNCIA MAIS CONVINCENTE; 5 – PORTANTO, UM SÁBIO NÃO DEVERIA ACREDITAR EM MILAGRES.
  • VOCÊS SABEM O QUE DIZIA A CARTA DE HARVARD EM 1646? VEJAMOS:
  • “QUE TODO ALUNO SEJA PLENAMENTE INSTRUÍDO E CORRETAMENTE LEVADO A CONSIDERAR BEM QUAL SEJA O PRINCIPAL PROPÓSITO DE SUA VIDA E DE SEUS ESTUDOS: CONHECER A DEUS E JESUS CRISTO, QUE É A VIDA ETERNA (JOÃO 17.3) E, PORTANTO, LANÇAR CRISTO COMO ÚNICO FUNDAMENTO DE TODO CONHECIMENTO SADIO E DO APRENDIZADO. COMO O OLHAR PARA O SENHOR SÓ NOS DÁ SABEDORIA, QUE TODOS SE DEDIQUEM SERIAMENTE A ORAÇÃO EM SECRETO PARA BUSCÁ-LA NELE (PROVÉRBIOS 2.3).
  • O QUE LEVOU HARVARD A ABANDONAR SEU PROPÓSITO INICIAL E HOJE SER UMA UNIVERSIDADE LIBERAL?
  • EXATAMENTE O ARGUMENTO DE DAVID HUME CONTRA OS MILAGRES!
  • SE AS QUATRO PRIMEIRAS FRASES DE HUME CONTRA OS MILAGRES ESTIVEREM CERTAS, A CONCLUSÃO CERTAMENTE ESTARÁ! MAS UMA DAS PREMISSAS É FALSA, A TERCEIRA, QUE DIZ: “A EVIDÊNCIA EM FAVOR DO REGULAR É SEMPRE MAIOR DO QUE A EVIDÊNCIA EM FAVOR DO RARO”;
  • EXISTEM MUITAS OCORRÊNCIAS RARAS QUE O HUME NUNCA DUVIDOU;
SE DEUS EXISTE OS MILAGRES SÃO POSSÍVEIS? CLARO!
  • VAMOS PENSAR?
  • COISAS QUE ACONTECERAM E SÃO EVENTOS RAROS E HUME NUNCA DUVIDOU:
  • 1 – A ORIGEM DO UNIVERSO OCORREU APENAS UMA VEZ – HUME NUNCA DUVIDOU DISSO;
  • 2 – A ORIGEM DA VIDA ACONTECEU APENAS UMA VEZ – HUME NUNCA DUVIDOU;
  • 3 – A ORIGEM DAS NOVAS FORMAS DE VIDA OCORREU APENAS UMA VEZ – E UM ATEU ACREDITA;
  • 4 – TODA A HISTÓRIA DO MUNDO É COMPOSTO DE OCORRÊNCIAS RARAS E NÃO-REPETÍVEIS, INCLUSIVE O NASCIMENTO DO PRÓPRIO HUME – E ELE NUNCA DUVIDOU DE TER NASCIDO!
SE DEUS EXISTE OS MILAGRES SÃO POSSÍVEIS? CLARO!
Os ateus criticam milagres como o da concepção virginal de Jesus ou a ressurreição. Mas como? Se o maior milagre já aconteceu: A CRIAÇÃO!
  • SABE QUANTAS ESTRELAS EXISTEM EM NOSSA GALÁXIA? MAIS DE 100 BILHÕES! (ALGUNS DIZEM QUE SÃO 6 QUINQUILHÕES) QUE EQUIVALEM A TODOS OS GRÃOS DE AREIA DE TODAS AS PRAIAS E DE TODOS OS DESERTOS DO MUNDO!
  • E QUAL A IMENSIDÃO DO UNIVERSO?
  • A DISTÂNCIA MÉDIA ENTRE AS ESTRELAS É DE 50 TRILHÕES DE QUILÔMETROS. O QUE SIGNIFICA ESTA DISTÂNCIA?
1 – O VEICULO MAIS RÁPIDO QUE O HOMEM JÁ CONSTRUIU, O ÔNIBUS ESPACIAL, QUANDO ESTÁ EM ÓRBITA, VIAJA A UMA VELOCIDADE DE 27.000 QUILOMETROS POR HORA!
2 – QUASE 8 QUILÔMETROS POR SEGUNDO!
3 – SE VOCÊ PUDESSE ENTRAR NO ÔNIBUS ESPACIAL E VIAJAR NO ESPAÇO A UMA VELOCIDADE DE 8 KM POR SEGUNDO…
4 – SERIAM NECESSÁRIOS 201.450 ANOS PARA VOCÊ IR DE UMA ESTRELA A OUTRA!
5 – SE ALGUÉM TIVESSE ENTRADO EM UM ÔNIBUS ESPACIAL NO DIA EM QUE JESUS NASCEU…A DOIS MIL ANOS ATRÁS E RUMADO DO SOL A OUTRA ESTRELA…HOJE VOCÊ ESTARIA A MENOS DE 1CENTÉSIMO DA DISTÂNCIA TOTAL! A DISTÂNCIA É INCRÍVEL!
AGORA, TENHA EM MENTE QUE ESTAMOS FALANDO APENAS DE DUAS ESTRELAS…AINDA EXISTEM 100 BILHÕES DELAS…PENSE NO GRÃO DE AREIA E A POSSIBILIDADE DE DEMORAR MAIS DE 200.000 ANOS PARA IR DE UM A OUTRO!
OS CÉUS SÃO DEMAIS!
EM ISAÍAS 40.25, O PROFETA CITA UMA PERGUNTA DE DEUS: “COM QUEM VOCÊS VÃO ME COMPARAR? QUEM SE ASSEMELHA A MIM?”.
A RESPOSTA VEM NO VERSO SEGUINTE (26): “ERGAM OS OLHOS E OLHEM PARA AS ALTURAS!” – OLHEM PARA AS ESTRELAS QUE EU CHAMO TODAS PELO NOME!
DEUS NÃO TEM LIMITES! É O LIMITADOR ILIMITADO. O CRIADOR INCRIADO! O QUE É FAZER SURGIR UM CROMOSSOMO Y NO VENTRE DE UMA VIRGEM? NADA!
  • O SALMO 19 DIZ: “OS CÉUS PROCLAMAM A GLÓRIA DE DEUS E O FIRMAMENTO AS OBRAS DE SUAS MÃOS!”.
  • MUITOS ANOS ANTES DOS MAIORES ASTRÔNOMOS E CIENTISTAS!
O INTERESSANTE É QUE O PROFETA ISAÍAS MENCIONA QUE OS HOMENS SÃO BEM PEQUENINOS…
ISAÍAS 40. 12, 15, 17 NOS DÁ A RESPOSTA A ESTA QUESTÃO NA ASTRONOMIA.
O ATEÍSMO É INJUSTIFICADO! SEJAMOS FIÉIS AO CRIADOR!

Sem comentários:

Enviar um comentário